Nas quartas de final

Evandro/Bruno Schmidt se classifica para as quartas em Roma

572.V

Getty Image/FIVB
Bruno Schmidt e Evandro enfrentarão líderes do ranking mundial nas quartas

Bruno Schmidt e Evandro enfrentarão líderes do ranking mundial nas quartas

A dupla formada pelo campeão mundial Evandro e o campeão olímpico e mundial Bruno Schmidt é a única representante do Brasil que segue na disputa por medalhas no World Tour Finals, em Roma (ITA). Na etapa da capital italiana, que é uma das principais da temporada 2019 do Circuito Mundial de vôlei de praia, Bruno e Evandro de vencerem a partida das oitavas de final nesta sexta-feira (06.09).

No jogo das oitavas Bruno e Evandro passaram por Ahmed/Cherif, do Qatar, por 2 sets a 0 (21/17/21/13). Por terem vencido os dois jogos na fase de grupos, eles ficaram em primeiro no grupo G e entraram em quadra apenas uma vez nesta sexta-feira. Com o resultado positivo eles avançaram para as quartas, onde enfrentarão os líderes do ranking mundial, Mol e Sorum, da Noruega.

“O mais complicado hoje foi controlar a ansiedade ao longo do dia, com jogo só na parte da noite. O Evandro foi um monstro hoje, sacou muito do começo ao fim, colocou muita pressão nos adversários, que tiveram dificuldade no passe e no levantamento. Tomara que nosso time continue assim. Agora vamos enfrentar os noruegueses que são o melhor time da temporada, e nada melhor que enfrentar uma dupla tão forte”, comentou Bruno Schmidt.

O Brasil ainda tinha mais duas duplas no torneio masculino, mas Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e André/George (ES/PB) acabaram eliminados na repescagem. Alison e Álvaro sofreram o revés para Aye/Gauthier-Rat (FRA) por 2 sets a 1 (21/13, 14/21 e 15/17), situação semelhante à vivida por André e George que lutaram muito, mas foram superados por Herrera e Gavira, da Espanha, por 2 sets a 1 (20/22, 24/22 e 28/30).

A competição em Roma vai até este domingo (08.09), e rende cerca de R$ 160 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,4 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.

2018.cbv.com.br
Confederação Brasileira de Vôlei

Mais...

Buscas

Todas as notícias