Judô

Brasil termina participação no Grand Prix de Astana com duas medalhas

4541.V

Hoje foi o segundo e último dia da participação do Brasil no Grand Prix de Astana. Mariana Silva (63kg), Katherine Campos (63kg), Nádia Merli (70kg), Maria Portela (70kg) e Leandro Guilheiro (81kg) entraram nos tatames na madrugada deste sábado, 11 de outubro, mas acabaram deixando a competição sem medalhas. Na sexta, Nathália Brigida (48kg) e Eleudis Valentim (52kg) conquistaram uma prata e um bronze, respectivamente.
Mariana Silva terminou em sétimo lugar, após fazer três lutas: ela venceu a primeira de Rotem Shor, de Israel. No segundo combate, Kathrin Unterwurzacher, da Ástria, que levou a melhor. Mariana ainda tentou buscar o bronze na repescagem, mas acabou perdendo para Martyna Trajdos, da Alemanha, e deixou a competição em sétimo lugar.
Maria Portela e Nádia Merli foram as duas brasileiras na categoria médio (70kg). Nádia Merli fez quatro combates: nas eliminatórias a atleta venceu Aizhan Kadyrbekova, do Cazaquistão, e a colega de equipe Maria Portela. Na semifinal, Nadia foi derrotada por Bernadette Graf, da Áustria, e foi para respescagem buscar o bronze. Com mais uma derrota, desta vez para Laura Vargas Koch, da Alemanha, a brasileira deixou a competição em quinto lugar.
Já Maria Portela entrou no tatame três vezes. A judoca da Sogipa começou bem sua participação no torneio ao vencer Valentina Maltseva, da Rússia, mas acabou derrotada por Nádia Merli e por Megan Fletcher, da Grã Bretanha, terminando em sétimo lugar.
Katherine Campos perdeu sua primeira luta para Marian Urdabayeva, do Cazaquistão, e não seguiu na chave. Enquanto Leandro Guilheiro venceu Shaxzod Sobirov, do Uzbequistão no seu primeiro combate, mas depois foi derrotado por Alan Khubetsov, da Rússia, e também deixou a competição mais cedo.

www.cbj.com.br
Assessoria de Imprensa/CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias