Judô

Luciano Corrêa fica em quinto lugar no último dia em Jeju

6223.V

CBJ
Brasil se despede do Grand Prix coreano com um bronze e três quintos colocados. Próximo compromisso é o Grand Slam de Tóquio.

Brasil se despede do Grand Prix coreano com um bronze e três quintos colocados. Próximo compromisso é o Grand Slam de Tóquio.

O Brasil encerrou sua participação no Grand Prix de Jeju, na Coréia do Sul, neste sábado, 28, com um quinto lugar do meio-pesado Luciano Corrêa. Com isso, a seleção se despede da competição com um bronze de Eric Takabatake (60kg) e três quintos lugares. Além de Luciano, Sarah Menezes (48kg) e Rafaela Silva (57kg) também disputaram o bronze.

A caminha do brasileiro começou com vitórias sobre Miroslav Dzur, da Eslováquia, por yuko, e sobre o georgiano Aleksandre Mskhaladze, na diferença de punições (3 a 2). Nas quartas, Luciano encarou um velho conhecido, o cubano Jose Armenteros, que acabou levando a melhor sobre o brasileiro pontuando com 2 yukos. O ippon sobre Arsen Omarov, da Rússia, colocou o campeão mundial de 2007 na disputa pelo bronze contra outro russo, Tagir Khaibulaev, campeão olímpico de Londres 2012, que conseguiu a pontuação máxima e deixou Luciano em quinto.

O país teve um segundo representante no meio-pesado, o paulisto Rafael Buzacarini. Ele estreou com vitória sobre o sul-coreano Sung Min Kim, mas acabou caindo no segundo combate frente ao russo Arsen Omarov.

Da Coréia, parte da seleção segue direto para o Japão, onde disputará o tradicional Grand Slam de Tóquio já no próximo final de semana. Neste evento, o Brasil será representado por Sarah Menezes (48kg), Nathália Brígida (48kg), Rafaela Silva (57), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), no feminino, e por Eric Takabatake (60kg), Felipe Kitadai (60kg), Rafael Macedo (81kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Luciano Corrêa (100kg) e David Moura (+100kg), no masculino.

www.cbj.com.br
CBJ

Mais...

Buscas

Todas as notícias