Destaques

Destaques do Time Brasil em Fevereiro de 2019

59.V

2018@RicardoBufolin
Segundo mês do ano teve grandes exibições dos atletas brasileiros, especialmente no feminino, do boxe, vela, judô, maratona aquática, tênis, ginástica, ciclismo, atletismo, tênis de mesa, golfe, tiro esportivo, rúgbi, karatê, badminton, basquete e desporto na neve

Segundo mês do ano teve grandes exibições dos atletas brasileiros, especialmente no feminino, do boxe, vela, judô, maratona aquática, tênis, ginástica, ciclismo, atletismo, tênis de mesa, golfe, tiro esportivo, rúgbi, karatê, badminton, basquete e desporto na neve

O Time Brasil teve um grande desempenho em diversas modalidades ao longo do segundo mês de 2019. E o grande destaque ficou por conta das mulheres. No boxe, Beatriz Ferreira (60kg) foi ouro numa das competições mais tradicionais da Europa; Martine Grael e Kahena Kunze foram campeãs na 49erFX na etapa da Copa de Mundo de Vela; Mayra Aguiar (78kg) foi campeã do Grand Slam de Dusseldorf de Judô; Ana Marcela Cunha conquistou a etapa de Doha da Copa do Mundo de Maratona Aquática; e, fechando o mês, Bia Haddad Maia conseguiu a primeira vitória de uma tenista brasileira sobre um top 5 do ranking mundial em 30 anos.

No masculino, Arthur Zanneti foi bronze nas argolas na etapa de Melbourne (AUS) da Copa do Mundo de Ginástica. Além disso, os brasileiros se destacaram ainda em competições de ciclismo, atletismo, tênis de mesa, golfe, tiro esportivo, rúgbi, karatê, badminton, basquete e desporto na neve.

O boxe brasileiro fez história em fevereiro. Beatriz Ferreira (60kg) conquistou a inédita medalha de ouro para o Brasil no Strandja Tournament, competição mais tradicional do Circuito Europeu da modalidade, que está na 70ª edição. Além disso, o Brasil garantiu o recorde de medalhas na competição, já que os homens ainda conseguiram três bronzes. As medalhas vieram dos punhos de Douglas Andrade (52kg), Wanderson Oliveira (60kg) e Abner Teixeira (91kg). (Matéria completa: https://bit.ly/2BGRv6Q )

A Vela brasileira brilhou na etapa de Miami da Copa do Mundo com três pódios. Martine Grael e Kahena Kunze foram campeãs na 49erFX; Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino ganharam a prata na Nacra 17 e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminam em 3º na classe 470 feminina. (Matéria completa: https://bit.ly/2Ge5yET )

O judô brasileiro conquistou medalhas em duas competições na Europa em fevereiro. Destaque para Mayra Aguiar (78kg), campeã do Grand Slam de Dusseldorf, na Alemanha. Rafaela Silva (57kg) ficou com a prata e Nathália Brigida (48kg), Ellen Santana (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg) conquistaram o bronze (bit.ly/2GJJ3Ym ). No Aberto de Oberwart, na Áustria, Rafaela Silva e Mayra Aguiar foram prata e equipe feminina conquistou ainda quatro bronzes (https://bit.ly/2Io3dZK ).

Ana Marcela Cunha venceu a primeira etapa da Copa do Mundo de Maratona Aquática, em Doha, no Catar. Na mesma competição, Allan do Carmo e Victor Colonese garantiram a vaga no Mundial da Coreia do Sul, em julho, ao lado da própria Ana Marcela e de Viviane Jungblut (https://bit.ly/2GMX5b3 ).

O tênis feminino brasileiro teve o grande resultado de Bia Haddad Maia, que venceu a norte-americana Sloane Stephans, número 4 do mundo, no WTA de Acapulco. Fazia 30 anos que uma brasileira não superava uma Top 5 do ranking mundial (bit.ly/2Sycw9l ). Ainda em fevereiro, a seleção feminina conquistou Zonal das Américas da Fed Cup numa revanche contra o Paraguai. A equipe foi formada por Carol Meligeni, Bia Haddad Maia, Luisa Stefani e Gabriela Cé. (https://bit.ly/2WXINd6 )

Arthur Zanetti chegou ao pódio em duas competições em fevereiro. Nas argolas, foi bronze na etapa de Melbourne (AUS) da Copa do Mundo de Ginástica (https://bit.ly/2E8B5V6 ) e conquistou o Valeri Liukin Invitational, em Dallas (EUA). Também nos Estados Unidos, a juvenil Ana Luiza Lima ficou em segundo lugar no solo no Woga Classic (https://bit.ly/2UScdHV ).

Na Ginástica de Trampolim, o Time Brasil conquistou uma medalha inédita na Copa do Mundo da modalidade. Camilla Gomes e Alice Hellen Gomes ficaram com o bronze na prova do Trampolim Sincronizado (https://bit.ly/2S6lgDn ).

O segundo mês do ano também foi bastante proveitoso para Henrique Avancini, atual campeão mundial de MTB Marathon, que conquistou dois títulos em competições na África do Sul. Em Stellenbosch, foi campeão da SA XCO Cup, prova Classe 1 da União Ciclística Internacional (UCI) com o tempo de 1h21min50s. Duas semanas depois, voltou ao topo do pódio, ao lado do alemão Manuel Fumic, no MTB Tankwa Trek. A competição de 285km é válida para o ranking internacional da UCI. (Matéria completa: https://bit.ly/2N4lxFZ )

No atletismo, o triplista Almir Junior venceu meeting em Ohio com índice para o Pan-Americano de Lima. Ele conseguiu a marca de 17,46m no salto triplo (https://bit.ly/2WWb1Fm ). Thiago Braz, do salto com vara, conseguiu índice para o Mundial de Doha com um salto de 5,80 m na França (https://bit.ly/2EwYf9c ). E Darlan Romani com 21,83m fez a melhor marca ao ar livre do ano no arremesso de peso (https://bit.ly/2XpGHDm ).

Hugo Calderano foi campeão da Copa Pan-Americana de Tênis de Mesa e conquistou o nono título em competições continentais. Na mesma competição, Gustavo Tsuboi ficou com o bronze e Bruna Takahashi terminou na quarta colocação. (Matéria completa: https://bit.ly/2D7NGr0 )

O Golfe teve bom desempenho em três competições no mês de fevereiro. Felipe Navarro conquistou a vaga no PGA TOUR Latino América em 2019 depois de ficar em sexto lugar na competição (https://bit.ly/2MPO2H6 ). Adilson da Silva ficou em 8º em etapa do Sunshine Tour e pontuou para os Rankings Olímpico e Mundial (https://bit.ly/2SQSwDa ). E Alexandre Rocha foi campeão de uma etapa do Tour Profissional Mexicano (https://bit.ly/2Se2Mke ).

O Tiro Esportivo teve medalhas no Sênior e no Júnior, no Intershoot, da Holanda. Julio Almeida foi campeão na Pistola de Ar. No Júnior, Geovana Meyer faturou a prata (https://bit.ly/2RCgvB9 ).

O Brasil venceu o Canadá pelo Americas Rugby Championship, principal torneio da modalidade no continente. Foi a segunda vitória dos Tupis sobre os adversários na história. (https://bit.ly/2E7VKKl )

Valéria Kumizaki conquistou o bronze na categoria olímpica de 55kg na segunda etapa da Premier League de Karatê, em Dubai. (https://bit.ly/2GvEJvL )

O Time Brasil conquistou o bronze no Campeonato Pan-Americano Sênior por Equipes 2019 de badminton. Depois de perder a semifinal para os Estados Unidos, seleção brasileira se recuperou e garantiu o terceiro lugar contra Cuba (https://bit.ly/2GP3OBj ).

A Seleção Brasileira Masculina de Basquete venceu as Ilhas Virgens por 104 a 80 e garantiu vaga na Copa do Mundo. Só Brasil e Estados Unidos participaram de todos os Mundiais (https://bit.ly/2Vk6qeD ).

Por fim, um destaque dos esportes de inverno. Michel Macedo conquista melhor resultado da história do Ski Alpino brasileiro no Dartmouth Winter Carnival, nos Estados Unidos. Na prova de Slalom Gigante, o jovem atleta de apenas 20 anos conquistou fez 27.97 pontos FIS (https://bit.ly/2GKPP07).

www.cob.org.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias