Começo com vitória

Brasil começa o Pan de Lima com duas vitórias no vôlei de praia

278.V

Alexandre Loureiro/COB
Oscar/Thiago e Carolina Horta/Ângela derrotaram seus adversários sem perder um set

Oscar/Thiago e Carolina Horta/Ângela derrotaram seus adversários sem perder um set

Oscar/Thiago e Carolina Horta/Ângela derrotaram seus adversários sem perder um set

O peso da estreia passou para as duas primeiras duplas de vôlei de praia do Brasil a entrarem em quadra nos Jogos Pan-americanos Lima 2019, nesta quarta-feira, dia 24. No masculino, Oscar e Thiago derrotaram a dupla da Costa Rica, formada por Alpizar/Valenciano por 2 sets a 0 (21/13, 21/14). Já no feminino, Carolina Horta/Ângela não deram chances para Valenciana/ Manrika com parciais de 21/7 e 21/8.

“Começar com vitória é sempre bom, tira uma pressãozinha. A gente sempre entra ansioso, mas nos portamos super bem na estreia. Não deixamos passar pequenos detalhes, fomos nos ajudando, achando as soluções. Foi bem legal”, analisou o carioca Thiago.

Dupla experiente, com participação em diversas etapas de Circuito Sul-Americano, sendo ambos campeões do torneio, tanto Oscar quanto Thiago disputam o Pan pela primeira vez.

“Foi uma vitória importante. Temos a consciência que nosso grupo é difícil. O time da Costa Rica era o time que a gente tinha um pouco menos de conhecimento, então a gente impôs o nosso ritmo e conseguimos sair com a vitória. Agora é analisar o Uruguai e entrar com 200% ligado”, afirmou Oscar, de 34 anos.

Na segunda rodada da fase de grupos, nesta quinta-feira, os brasileiros enfrentam os uruguaios Vieyto e Cairus às 11h50 (de Brasília). Os uruguaios estrearam nesta quarta com vitória de virada sobre os cubanos Reyes e González por 2 sets a 1 (21/15, 16/21, 8/15).

Carol Horta/ Ângela tiveram uma estreia relativamente tranquila. Contra as atletas das Ilhas Virgens Valenciana/Manrika vitória por 2 a 0 em menos de 20 minutos.

“A estreia é sempre um jogo mais amarrado, mas a gente entrou concentrada e sem dúvida conseguiu dar o nosso melhor. Independente das adversárias, a gente estava pensando no que fazer de melhor”, ressaltou Carol Horta, medalha de bronze no Pan de Toronto 2015 ao lado de Lili.

“Por não conhecer o outro time a gente entrou na expectativa de que poderia haver alguma surpresa. Mas o que determinou foi que entramos bem focadas e conseguimos desde o início manter um ritmo bom”, comentou Ângela.

Os próximos jogos de Carol/ Ângela são contra duplas do Chile e México.

O formato de disputa do vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos 2020 acontece da seguinte maneira: as 16 duplas de cada gênero serão divididas em quatro grupos de quatro. O primeiro colocado de cada chave avança direto às quartas de final. Segundos e terceiros disputam uma rodada eliminatória extra, de oitavas de final. Na sequência ocorrem as semifinais e posteriormente as disputas pelas medalhas de bronze e ouro.

O Brasil é o país com mais medalhas na história dos Jogos Pan-Americanos, desde a inserção da modalidade no programa esportivo, em 1999. Somando os gêneros masculino e feminino, são cinco medalhas de ouro, três de prata e três de bronze. Cuba aparece na segunda posição, com seis medalhas conquistadas no total.

Próximos jogos:

Masculino

25.07 - Brasil x Uruguai - 11h50

26.07 - Brasil x Cuba - 15h

Feminino

25.07 - Brasil x Chile - 16h

26.07 - Brasil x México - 13h20

www.cob.org.br
Comitê Olímpico do Brasil

Mais...

Buscas

Todas as notícias

Publicidade
  • Judocam 300x250 - Pai, invista...
  • PARA ABENÇOAR
  • Cefec - Centro de Formação Educacional de Campos
  • Aulas

Outras notícias...